PREVER VIDA

HISTÓRIA

O PREVER VIDA foi criado em meados de 2007 como um departamento da Cruz Azul Saúde responsável pela Medicina Preventiva, cuja finalidade é oferecer um atendimento focado em promoção da saúde, melhoria da qualidade de vida e prevenção de doenças.

Sabe-se que 80% dos óbitos em todo o mundo são causados por doenças cronico-degenerativas não transmissíveis como acidente vascular cerebral, câncer e infarto agudo do miocárdio, que podem ser prevenidas se forem eliminados, ou, pelo menos controlados, os fatores de risco que as causam, tais como: hipertensão arterial, diabetes, obesidade, sedentarismo, tabagismo, dislipidemia, alcoolismo, estresse. O PREVER VIDA atua principalmente na identificação e tratamento desses fatores de risco para prevenir danos graves à saúde do paciente.

Pensar na saúde de forma integral implica em considerar os aspectos físicos, emocionais, mentais e sociais inerentes a cada indivíduo e de que maneira a dinâmica destes fatores interfere no estado geral de saúde de cada um. Por isso, o PREVER VIDA disponibiliza uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeira, nutricionista, psicóloga, assistente social, fisioterapeuta, fonoaudióloga e arte-terapeuta para cuidar dos Associados Cruz Azul Saúde de maneira mais abrangente e eficaz.

Além das consultas e orientações individuais, também são oferecidas atividades em grupo, de acordo com as necessidades de cada paciente.

Desde que o PREVER VIDA foi criado, a Cruz Azul Saúde tem investido cada vez mais neste modelo de atendimento integral. Em 2007, foram atendidos cerca de 400 associados numa pequena estrutura que incluía um consultório e uma pequena sala de treinamento dentro do prédio onde funciona a Cruz Azul Saúde na Rua Albuquerque Maranhão. Neste endereço atendiam apenas o clínico geral, psicólogo e nutricionista. Contávamos também com alguns médicos de outras especialidades que atendiam em seus respectivos consultórios.

A partir de agosto de 2008 iniciamos um trabalho de levantamento do perfil de saúde e monitoramento de vários associados com doenças crônicas. Só em 2009, cerca de 8000 associados receberam visita de uma enfermeira em suas residências para aferição de peso, altura, pressão, glicemia e levantamento de fatores de risco para a saúde e, desde então, mais de 3000 associados estão sendo acompanhados pela equipe multidisciplinar. Também em 2009 a Cruz Azul Saúde teve dois programas de promoção à saúde e prevenção de riscos e doenças aprovados pela Agência Nacional de Saúde (ANS): um na área da Saúde do Adulto e do Idoso, com ênfase no tratamento de hipertensão e diabetes e outro na área da Saúde da Mulher com ênfase na prevenção de câncer do colo do útero e câncer de mama.

Em janeiro de 2010, para atender com mais qualidade a esta crescente demanda da Medicina Preventiva, foi inaugurado um ambulatório específico do PREVER VIDA dentro do Hospital Cruz Azul de São Paulo, na Av. Lins de Vasconcelos. Este ambulatório possui uma recepção ampla muito agradável e quatro consultórios espaçosos. Além disso, todos os profissionais são altamente capacitados e primam por um atendimento mais humanizado.

Nossa meta agora é estender os benefícios da Medicina Preventiva ao maior número possível de associados Cruz Azul Saúde.

OBJETIVOS

O Prever Vida, é o departamento de Medicina Preventiva da Cruz Azul Saúde que tem como objetivo principal a Melhoria da Qualidade de Vida dos seus beneficiários , atuando nas seguintes áreas:

  • Promoção da Saúde: Fazendo intervenções diretas nas causas básicas das doenças e seus fatores determinantes, procurando eliminá-las, tendo como alvo o indivíduo.
  • Prevenção de Doenças: Intervenções orientadas a evitar o surgimento de doenças específicas, reduzindo sua incidência e prevalência, assim como as complicações das mesmas, sua letalidade e mortalidade, tendo como alvo a doença.
  • Mudança do Modelo Assistencial: A operadora desenvolveu um ambulatório onde se oferece uma assistência integral, ao paciente , com equipe multidisciplinar , composta de médicos generalistas e especialistas, psicólogos, nutricionistas, educadores físicos, fonoaudiólogos, enfermeiras, assistentes sociais, auxiliares administrativos, com coordenadores específicos , objetivando uma mudança no estilo e hábitos de vida da população assistida, motivando e capacitando os indivíduos a uma condição de saúde melhor.